Arquivo da categoria ‘filosofia’

Que as cores são reais, que o tempo é só uma questão de tempo, que tudo passa e acontece de novo, e se repete o tempo todo, mas como afirmei o tempo é apenas e somente questão de tempo. Tudo foi planejado e arquitetado pelo melhor de todos, o dono do universo, não questione apenas acredite. Nos dias chuvosos o sol ainda está lá, que mesmo que não consigamos ver ele estará lá aquecendo até nas noites mais frias. Deus pensou em tudo : passado, presente e futuro. No antes, no agora e no depois. Ele sabe cada coisa, todas as coisas, até ainda as que não são. Podemos ser iguais sendo destinados a funções diferentes, ou pessoas diferentes sendo destinadas as mesmas funções. Apenas acredite. Que três divindades pode ser apenas uma , que dois unidos pode ser amor, mas que um é apenas uma metade. A lógica é ilógica mas tem sua própria razão, apenas dê um salto de fé.  Acredite. Que os erros são formidáveis, e que mostram o quanto é lindo ser uma criatura perfeita, criada por Deus para errar, para escolher e para sonhar. Acredite que tudo vai dar certo, mesmo que não seja do seu jeito, pra tudo tem um final, e um recomeço. Acredite que as pedras vão rolar, que o mundo vai girar, o tempo vai passar e a felicidade vai chegar. Apenas acredite.

Anúncios

Passam tanto tempo julgando detalhes, impondo formulas mágicas e receitas milagrosas, querem te ensinar a viver suas fantasias inventadas. Mas ensinar a vida e os problemas reais é falta de fé, contar que não dá pra evitá-los e que ser um ser santo é uma condição apenas para a eternidade seria uma inverdade. Ora, se for pra viver numa bolha de sabão eu prefiro caminhar na estrada de terra sujando meus pés de lama até chegar ao final pois para mim o que importa é chegar lá. Os super poderes não existem e o único cara 100% homem e 100% Deus foi Jesus e me perdoem quem pensa ao contrário somos seguidores não clones..
O propósito de Deus nunca foi
criar pessoas outros cristos mas pessoas normais com mentes renovadas, mentes diferentes. A galera tem medo da tatu ser pecado, de beijar na boca, ou do que fulano vai pensar se des
cobrir algum segredo. Eu tenho medo de mentir, magoar, ofender e até mesmo de me faltar amor para compartilhar. Ninguém precisa concordar, apenas repare nos detalhes certos.

Se você está a procura de uma religião que te deixe confortável, não aconselharia o cristianismo ( C.S.Lewis)

Ele realmente sabia o que estava falando, a busca pelo confortável  processo de bem-estar espiritual anula completamente o que o evangelho traz como verdade  a luz da bíblia.  Me sinto um pouco traidora quando concordo com frases que diz: “você tem que estar no lugar que você se sente bem”, sendo que Jesus era o habitante que mais estava nos lugares indesejados, onde as pessoas ou eram orgulhosas demasiadamente ou eram assoladas na miséria. Para mim um lugar de miséria, com coxos, paralíticos, cegos e viúvas pobres não é um lugar confortável, e mesmo com a maior bondade que temos estampada na nossa testa, sei que o coração contrasta e repudia tais lugares, com tais pessoas.

O confortável nunca foi o forte propósito de Jesus, alguns 40 dias sem comer, e a abstinência das regalias do mundo para se concentrar na sua missão provava isso. Se a nossa missão é repetir seus passos e reproduzir a sua vida dele nas nossas atitudes, isso não será um ato confortável. Viver o evangelho não é confortável. Paulo foi o cara que mais falava sobre isso , tomou açoites, surras, foi preso, sofreu naufrágio e as incontáveis história não registradas na bíblia, e mesmo assim em um momento bem crazy mas completamente embriagado pela certeza de sua fé disse, sem ser de uma forma metafórica, mas sincera: eu faria tudo de novo.  Tanto o apóstolo Paulo quanto C.S Lewis sabiam o que estavam falando, tinham a plena certeza da fé e das condições que vem juntamente com a aceitação da Graça. O evangelho não é simples, não é confortável, mas Juliano Son declara repetidamente um uma das sua belas canções do Livres para Adorar: Vai valer a pena…Esse desconforto e leve pertubação vai fazer cada minuto doido e palavra incompreendida ser válida. A rejeição do mundo e a entrega total, que subitamente gera a insegurança e a sensação de ser guiado pelo vendo ( invisível mas real) vai ser validada pela glória eterna. Papo de louco, mas também é bem real.

Deus uma mania bem legal, de nos tirar dos lugares de conforto e colocar cada um dia nós, separados do que era de costume ser e fazer , pra coisas totalmente novas, muda as coisas de lugar e dá uma sacudida nos ossos secos, pede pra que o vento nos leve um pouco mais longe, nos tira da zona de conforto e nos leva para a zona de confronto. Provando e moldando nosso caráter, fazendo e refazendo, sem pedir permissão nem autorização.

Muda tudo e nos muda, para que mudemos os outros.  Não estou escrevendo auto-ajuda, e esse blog adora me alfinetar com as minhas próprias palavras, começo e nem sei onde vai terminar, e assim é Deus confie a Ele o começo e Ele te mostrará o final. Poxa, adoro o C.S Lewis, o cara realmente sabia o que estava falando.

Num instante, num soprar de brisa
Ao olhar para o passado
A menina, que antes composta de alma e sonhos
Hoje é esculpida em tédio e vento
Uma estátua efémera de sal…

(Baseado na lenda da mulher de Ló, Texto por R.N)

 
Relutei muito em escrever esse post, pensei e repensei muitas vezes, estaria eu contando a história da minha própria vida? Ou alertando à aquele s que pensam em olhar para atrás, a não fazê-lo? Talvez.
Mas o importante é de que descobri, meio petrificante que quando eu olho para trás viro estátua de sal, um olhar meio disfarçado com um toque de curiosidade, nostaligico as vezes, mas muito insistente me trai e olha o passado que já devia ser esquecido. “Ah! Como era bom os dias que eu vivia assim!”. Poderia até ser bom, mas já passou e que tem que ser preocupante, em sua mente é o que haverá de vir, o passado apenas serve como um ponto inicial, um comparativo de mudança para que você percebe quem era, o que mudou e o que hoje é. Não repetir os mesmo erros, não acreditar nas mesmas mentiras.
Pra quê falar muito? Se é tão simples de entender, que o passado não pode possuir a sua vida, não pode prender seus pés, me sinto petrificada, sem ação sem motivos. Pra mulher de Ló não teve jeito, para mim está tendo, aos poucos as pedras estão caindo ao chão, os sonhos voltam e o meu coração pulsa novamente.

Olhos vermelhos, cabeça sempre baixa, pensamentos distantes. Tenho um amigo culto  que não presta culto a Deus, tem muito conhecimento mas a sabedoria está distante, mas há algo que temos em comum: estamos carregando o mundo nas costas.

Deus olha lá de cima e contempla o desespero, a vontade de desistência e a tristeza constante. É um caminho em círculos, me deixa tonta a cada volta, eu sinto enjôos constantes, na minha mente diferente.

O final está perto, mas tenho medo do começo. Livros, trabalho, pensamentos de cobranças presente me distanciam do que é dito como perfeição. Nunca desejei tanto o fim da vida e o começo da eternidade, sem escolhas, sem desculpas e sem tradições.

Nada me afastará de Você, naquelas ruas reluzentes, nada me afastará de Você naquele dia onde muitos chorarão. Não quero encurtar a minha vida mas prolongar a eternidade e Te ver -a-cara para a minha plena felicidade.

Você me deu um amor nesse mundo que eu carrego nas costas, que me ajuda a aliviar esse peso terrível, perto dele sei que Você existe, e que não existe desamparo para mim. Eu te amo e amo o amor que você me deu, como uma prova de que é real a sua presença.

Com o mundo nas costas, me sinto fraca, mas ao mesmo tempo importante, sei que outras pessoas precisam da pequena força que ainda me resta. Me vêem de um forma diferente da qual me sinto. Me vêem muito, mas sou pouco…muito pouco.

Sei que parece um ultimo soluço de vida e um suspiro de vergonha, mas são as palavras que me confortam no meio dessa história.

 

 

 

 

Olá queridos , estava com saudade de escrever para vocês como são 02:37 da madrugada ainda não deu tempo de pensar algo legal, porém, estou super disposta a compartilhar um pouco da água que bebo, para quem não está habituado a essa expressão, eu explico: significa fonte de conhecimento, referências, é de onde eu tiro algumas conclusões ministeriais e espirituais. Como essa é ótima e creio que muitos ainda não conhecem isso, eu particularmente fui impactada, é meio velhinho eu sei, já houve até a gravação do Livres 2010, (eu infelizmente não pude ir), mas o que é velho sempre se renova quando se precisa ocupar a alma. 

O ministrando, com essa voz rouca e impactante é o Juliano Son, vocalista e líder do Ministério Livres Para Adorar, e tem sido benção na minha vida, e na vida do ministério jovem da Apostólica U.N.T , se não gostarem podem entrar pro rol dos tradicionais conservadores( ou melhor acomodados). 

Vale a pena chorar pra que outros tenham a chance de sorrir, ou morrer para que outros possam tentar viver? 

 

A culpada.

Publicado: 04/03/2010 em confiança, culpas, Deus, filosofia, fotografia, medos

Procurei uma foto no 1001imagens para roubar alguma, olhei e me apaixonei por essa, mas lá estava o título da fotografia : A CULPADA de Luis Ribeiro, alguns comentários sugeriram que o título fosse posto pela mulher que odiava o barulho da guitarra, mas me instigou a filosofar o que teria ver culpa com música?Ou com instrumento, que relação seria essa?
Me identifiquei sendo a culpada.Muitas vezes em meio a medos, depois de tanto se considerar a vítima do mundo e de colocar a culpa de nossas consequências nos pecados de outros em relação a nós. Questionamos a Deus o porquê das coisas acontecerem, de um amor ir embora, de um emprego não chegar, de uma esperança se esmaecer.Mas quando nossas culpas vem a tona nos sentimos pequenos e frágeis, mas de fato é assim o nosso estado natural, fraco. Parece papo triste, mas essa é a grande verdade, Hitler era um tirano que gostava de ate, Madonna é uma pop star que queria ser freira, os discípulos de Jesus eram pescadores, médicos, cobradores de impostos que depois de terem vivido tantos milagres voltaram a ser pescadores e fracos depois da crucificação. Temos a tendência de voltarmos a sermos quem éramos por frustação da nossa mudança não ter vingado do jeito que haviamos planejado.”Ah! o Egito era tão bom
, melhor que este deserto cheio de pó!”, ou “Jesus tú sabes que eu te amo” e depois “Não conheço este homem”. Propagamos nossa nova vida e quando uma coisa sai fora dos planos nos escondemos em cavernas e queremos durmir.
Medo? Insegurança ? Culpas?
Não sou a pessoa mais indicada pra alerta-los a não ter esses sentimento, pois sinto isso o tempo todo, aliás sou a culpada né!
A culpada de não dar o valor a morte da cruz quanto deveria, sou um Mefibosete, uma Viúva sozinha, uma mulher que lava os pés de Jesus com lágrimas indignas e enxarcadas de pecados, sou um rei que não consigo conter meus hormônios, sou pobre e pecadora, fujo do profundo e me apego ao relevante, não gosto de ficar relendo as tábuas da lei e os pergaminhos sagrados, as vezes sou Jacó tirando vantagem dos meus irmãos, as vezes sou rude como João Baptista e grossa como Eliseu, não tenho paciência como  Pedro e abro brechas enormes.
Mas não sou fariseu, peco mais por isso amo mais, e mais serei perdoada e amada. Não quero tratar Jesus como um comum pois Ele se fez culpado por mim. Não quero “achar” que tenho menos pecados pois o sacrifício valeria menos pra mim, quero admitir que eu pequei, pois quem não tem pecado atira a primeira pedra, não é?Uns são de esquerda, outros de direita, outros puritanos, alguns tradicionais, outros pentecostais, outros racionalistas, alguns acreditam na predestinação, outros apenas na Graça pra alguns, e outros pra todos, uns são de Apolo, outros de Paulo e alguns de Pedro.Mas eu sou do Pai que O enviou, usou os meus pecados pra que a Graça fosse concluida na cruz.Nada posso sozinha mas posso TUDO naquele que me fortalece.
Lavando os pés Dele com as minhas lágrimas de culpq pois sei que Ele me perdoará!A culpada sou eu, pequei e errei já não sou digna de ser chamada sua filha, faz me como um dos teus servos.E Ele olha para mim com aqueles olhos que só um Pai sabe olhar, e me diz: Filha você estava morta e reviveu, e isso é motivo de festa.

Concluindo por mais que você seja culpado, a guitarra que irrita muito e agrada poucos, o que importa é que quem te comprou te ama e foi um preço alto, preço de sangue.

Seja diferente, seja culpado, seja mais amado, siga a Cristo!